19 junho, 2006

pra sempre mais e mais, pra sempre

Meus atos estou ligados diretamente com aquilo q nao domino, meus sentimentos. E oq pode ajudar a criar controle quando tudo parece transbordar e jah nao sabemos mais parar que olhar, com que lado cuidar, o transbordo parece geral, a casa inundada. E pergunto de novo, o q pode ajudar a controlar isto. Alguma linha limiar entre a loucura e a criacao. Entre a estrutura e a demolicao. A razao?
Por acaso o coracao dispara, e quem vai cuidar de reduzir seu ritmo frenetico? Eh uma luta interna, e para nos mesmos nao virarmos os internos de algum novo orgao (vida asilo, manicomio, casa de reabilitacao ou recuperacao, cova) temos nos mesmo q nos incumbir desse tratamento. Ajuda? Sim, eh essencial buscar ajuda, uma forma de se fazer a razao tornar-se concreta aos sentidos eh exterioriza-la. Falar sozinho muito jah me ajudou, mas eh bom quando vc estica a roupa na sua cama e mostra pra alguem onde tomou os tiros. E aos poucos podemos ver q nao foram tantos assim, e q alguns ateh foram de raspao. Entao vc se olha nu diante da pessoa e fica envergonhado daquilo q disse, sente q voltou a ser uma criança indefesa.
Entende-se que o colo eh a unica cura para o choro iminente. Ou entao para fechar as comportas lacrimais. Sua mae nao mandaria vc durmir se estivesses chorando, com fome, e com idade de depencia maternal. Ela saberia cuidar do seu rebento querido. Quando se cresce deve assumir a postura de auto mae e cuidar do seu proprio pao, sono, saude, choro...e tantas mais...mas ainda temos uma vontade brutal de buscar um carinho com outras pessoas.
Sim, temos amigos e amores, animais, manias, vicios, consolos, e mais vicios. E tudo q nos segura na trilha natural dos passos que vamos dando eh????
Agente cresce e se perde, e em alguns pontos da caminhada largamos coisas boas e ruins para nosso auto sustento. Eh bom aprender com as experiencias q temos, e com as q reparamos com nossos olhos e coracao. Mas o homer esqueceu como se dirigia um carro ao fazer um curso de desgutacao de vinho. E eu me pergunto, q tanto eu perdi ao aprender novas habilidades? Serah q valem mais as novas ou as antigas? Tento fazer um apanhado, ver minha fotos antigas, me olhar no espelho com atencao, reparar nas marcas e detalhes q meus olhos possam entregar.
Soh sei q estou perdido ainda por aqui, tento lembrar dos sonhos q eu tinha e 2 deles sao reais ateh hj, mas nesse vazio todo q me encontro, sinto q preciso batalhar de verdade por eles, as chances estao diante de meus olhos, e eu procurando algum outro lugar para estar.
O ponto agora em questao eh: eu me perco facilmente. Preciso me achar em algum lugar, aquele lugar q te conheci, aquele lugar q sempre vivi, vcs poderao me achar lah, estarei lah, qdo me chamarem estarei pronto, qdo eu te vir passando estarei pronto, e isso se chama calcificar, administrar e criar minha base de fundacao solida, para q eu possa ter varias casas sobre esta. Para abrigar varias casas sobre esta.

Um comentário:

Pikachu disse...

muito, muito bom.